O sistema possui na linha de retorno (linha de baixa) um filtro acumulador, onde o fluido retorna para o compressor a cerca de 2 bar ou 0ºC.

Este sistema não é equipado com termostato ou sensor de temperatura no evaporador, quem evita o congelamento do evaporador é o pressostato de baixa. Se a pressão de retorno cair a menos de 2 bar, o pressostato de baixa derruba a ligação do compressor por um período e torna a ligá-lo quando a pressão se restabelece.

O sistema trabalha com cerca de 680g de fluido refrigerante R134a e cerca de 180 a 140 ml de óleo PAG 46 para o compressor.

Os modelos 2.0 vem equipados com um compressor de de 90cc fixas tipo rotativo modelo Scroll TRS90 Sanden.

Nos motores 1.6 o compressor é de 150 cc fixas de 10 pistões opostos modelo FX 15 da FORD.

Devemos chamar a atenção para a localização das válvulas de serviço, a válvula de serviço de alta fica na lateral superior do condensador (lado do motorista).

Eventualmente o condensador pode furar por pedras da estrada. Sua retirada para reparo não é difícil.

Já a válvula de serviço de baixa, fica “dentro do paralamas”, atrás do farol direito do lado do passageiro e na frente da capa do paralamas direito. Seu acesso é por baixo do carro, não sendo necessário levantar o veículo, mas é um local bem escondido e de acesso mais restrito.

Ao ligar o desembaçador do parabrisas o compressor é acionado automaticamente, para secar o ar e desembaçar o parabrisas com mais eficiência.

O focus 1.6 tem apenas um eletroventilador e o seu resistor pode queimar, eliminando a 1ª velocidade do eletroventilador, causando altas pressões e baixa eficiência no sistema.

Neste modelo, o eletroventilador liga na 1ª velocidade assim que liga o compressor só liga a 2ª velocidade quando a pressão do gás na linha de alta chega por volta dos 15 bar.
Quem detecta estas pressões é o pressostato de alta que fica na linha alta.

O sistema de ar quente não possui válvula de ar quente, apenas portinholas, em caso de vazamento do Radiador de ar quente, para substituí-lo não é necessário remover todo o painel, o acesso é por trás do console central.

Vazamentos no compressor:
Tanto o compressor Scroll do motor 2.0, como o compressor de psitões do motor 1.6, costumam vazar entre o virabrequim e o lipseal e quando é feita sua substituição, recomendamos sempre trocar o rolamento da polia do compressor, que geralmente já está contaminado com óleo do compressor, diluindo sua graxa. No caso do compressor Sanden Scroll, sua desmontagem para a trocado lipseal é muito mais delicada, cuidado.

Troca do filtro antipólen:
Apesar de ter um acesso fácil, na parte externa do carro, com o capô aberto, deve-se tomar cuidado ao retirar as carenagens de plástico que o protegem, pois geralmente os grampos quebram e a proteção não encaixa mais corretamente, o que pode ocasionar vazamentos de água de chuva para os mancais do ventilador interno.

Recomendamos sempre utilizar peças originais, combata a pirataria e peças ilícitas.
Não solte fluido refrigerante na atmosfera, pois é um grande causador do efeito estufa, utilize recicladora.

Dicas Recomendadas

Nenhum comentário para essa dica ainda. Seja o primeiro!


Faça um comentário para essa dica.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *