Comentários sobre a troca do evaporador das BMW 320 E90  

Veja esta matéria no JORNAL OFICINA BRASIL:

Um dos poucos problemas que o sistema de ar condicionado das BMW 120 130 X1, X3, 320, 325 e 330 E90 podem apresentar, porém muito comum é o vazamento de fluido refrigerante pelo evaporador.

Os veículos com este problema têm o seguinte sintoma: O fluido refrigerante vaza do sistema, geralmente é um vazamento pequeno que pode manter o sistema funcionando dias ou semanas. Podem ser outros vazamentos, mas o mais comum é este. Também há reclamações de clientes que sentem um cheiro de “óleo” nos dutos de ventilação.

Ao retirarmos as peças danificadas sempre verificamos o mesmo padrão de vazamento: CORROSÃO, dezenas de micro pontos de oxidação nos tubos do evaporador.

O evaporador novo já é encontrado no mercado de reposição, mas para substitui-lo é necessária a remoção total do painel de da caixa evaporadora. O evaporador novo não vem com óleo, por isso se estima a adição de cerca de 60 ml de óleo PAG 46 ao sistema, que pode ser durante a operação de vácuo.

As BMW possuem um excelente acabamento nos mínimos detalhes internos do painel, por isso este serviço é muito bom de ser feito, mas é necessário mão de obra qualificada e é claro cobrar muito bem pelo serviço e pelas peças.

Para trabalhar com tranquilidade, convém solicitar ao cliente pelo menos 2 dias o carro na oficina.

Pode-se aproveitar o serviço para fazer uma limpeza geral dentro da caixa evaporadora e dutos, além de se substituir o filtro de cabine que, aliás, original é de carvão ativado.

Um procedimento muito rápido e preciso para se detectar e confirmar o vazamento no evaporador é o teste com pressão da mistura NH-05 e o detector eletrônico especifico para esta mistura.

Em poucos minutos de teste e sem desmontagem de tubulações, já se pode fazer a localização do vazamento utilizando o detector eletrônico de NH05 (95% de Nitrogênio e 5% de Hidrogênio).

Após a aprovação do orçamento pelo cliente, um dos primeiros passos é estacionar o veículo num local onde ele não será movido, iluminado e que possa abrir as portas, procure manter a direção alinhada e reta. Retire a chave de ignição. Para desligar o polo massa do acumulador de carga (bateria) deve ser aberto o porta malas

As capas dos Air Bag das colunas frontais laterais são fixadas por parafusos com capas ao lado da parte superior do para brisas.

A almofada do Air Bag da direção é presa com grampos nas laterais da parte posterior da direção. Para retirar a almofada, após soltar dos grampos, desconecte os terminais com cuidado, pois são frágeis.

O desmutiplicador com a cinta “Flat Cable” também é uma peça que requer atenção e não deve ser girada e deslocada quando estiver desconectada.

Retire o console central, boa parte das carenagens são encaixadas.

Retire todo o porta luvas, para ter acesso a almofada do Air Bag do passageiro.

 Manuseie com cuidado esses componentes

 Após retirar todos os parafusos de fixação desligar todos os terminais necessários, incluindo o sensor solar que fica na parte superior do centro do painel, já é possível retirar a almofada do painel.

 É necessário remover o agregado de aço que suporta a caixa evaporadora.

 Com a Almofada do painel e o agregado metálico já removidos, começamos a remover a caixa evaporadora. Considerando que não há pressão de fluido refrigerante no sistema de ar condicionado e que o sistema de arrefecimento esteja frio e sem pressão, pode se retirar os flanges e conexões, tome cuidado para não deixar cair liquido do sistema de arrefecimento dentro da tubulação do sistema de ar condicionado, por isso, é recomendado tampar as conexões com tampas ou sacos plásticos estanques.

 A caixa evaporadora é presa também bem no centro por um parafuso de regulagem, para acessá-lo atrás da parte superior traseira do cabeçote, há uma tampa plástica encaixada, remova-a e solte o parafuso. Este geralmente é o ultimo parafuso que se retira e o primeiro que se recoloca na recolocação da caixa evaporadora.

 Retire a caixa evaporadora com cuidado, sempre verificando se há algum fio ainda preso ou no caminho.

A caixa evaporadora deve ser levada para a bancada para a desmontagem e limpeza interna.

 Reinstale as juntas isolantes de material esponjoso ao redor do novo evaporador, para que ele não fique batendo e fazendo ruído dentro do alojamento e para que o ar não apresente fugas pelas laterais do novo evaporador.

 Após a montagem da caixa evaporadora na bancada, recoloque-a no veículo e em seguida recoloque o agregado metálico e a almofada do painel, na sequência inversa á desmontagem.

Logo que reconectar as conexões do sistema de ar condicionado, pressurize o sistema e verifique se há algum vazamento.

Complete o nível do liquido de arrefecimento.

Faça a operação de vácuo pelo menos por 30 minutos ou mais, para retirar alguma eventual umidade que possa ter entrado no sistema.

Injete cerca de 60 ml de óleo PAG 46 dentro dos tubos, pois o evaporador novo não vem com óleo essa quantidade é proporcional á quantidade estimada de óleo que saiu com o evaporador que foi retirado.

Recoloque a carga de fluido refrigerante R134a recomendada pelo fabricante, cerca de 620g.

Ligue o motor e o sistema de ar condicionado e faça o teste de eficiência.

Caso alguma luz de anomalia ascenda no painel, passe um scanner e veja o que está ocorrendo, como já foi dito anteriormente, este serviço deve ser feito por profissionais qualificados e que utilizem ferramentas adequadas, procedimentos de acordo com o fabricante do veículo e com a NORMA NB15629. 

http://issuu.com/oficina_brasil/docs/jornaloficinabrasil_julho2015/c/scsyeh4

Dicas Recomendadas

Nenhum comentário para essa dica ainda. Seja o primeiro!


Faça um comentário para essa dica.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *