Dicas - STILO

  • 1 COMPRESSOR CVC STILO
  • 2 COMPRESSOR CVC STILO
  • 3 COMPRESSOR CVC VAZANDO NO LIP SEAL STILO
  • 4 CONJUNTO DE EMBREAGEM ELETROMAGNETICA DO COMPRESSOR CVC DELPHI FIAT STILO
  • 5 CONDENSADOR COM FILTRO SECADOR EMBUTIDO STILO
  • 6 ENGATES DE SERVIÇO DE ALTA E BAIXA PRESSÕES
  • 7 MANGUEIRAS DE ALTA E BAIXA PODEM APRESENTAR VAZAMENTOS STILO
  • 8 MANGUEIRA DE BAIXA STILO
  • 9 RESISTOR DO ELETROVENTILADOR STILO (2)
  • 10 RESISTOR DO ELETROVENTILADOR STILO (1)
  • 11 TRANSDUTOR DE PRESSÃO NA LINHA DE ALTA STILO
  • 12 ACESSO AO FILTRO ANTIPOLEN STILO - CARENAGEM DO CONSOLE
  • 13 ACESSO AO FILTRO ANTIPOLEN STILO
  • 14 COMANDO DUAL ZONE STILO
  • 15 MOTOR DAS PORTINHOLAS STILO
  • 16 radiador de ar quente STILO

 

O FIAT STILO, possui um ar condicionado eficiente, mas bem conhecido nas oficinas de reparação.

O SISTEMA é equipado com um compressor DELPHI CVC (compressor variável compacto) de deslocamento variável de 6 cilindros, com 125 cm³ de capacidade volumétrica e embreagem eletromagnética. Este sistema dispensa termostato ou sensor de temperatura de anticongelamento do evaporador.

Utiliza Fluido refrigerante R134a, cerca de 700g e 150 ml de óleo PAG 46.

FIG.1

FIG.2

Com relação à manutenção, alguns problemas que podem ocorrer os mais comuns são: eventuais são os vazamentos e ruídos no compressor (geralmente próximos dos 80 mil Km dependendo do uso).

“Gás não gasta” se houver pouco fluído refrigerante no sistema, além da baixa eficiência, é necessário localizar e sanar os vazamentos. Um vazamento muito comum é na vedação LIP SEAL do eixo do compressor CVC, o que acaba comprometendo o rolamento da polia que se contamina com óleo, afetando a sua durabilidade. Geralmente a troca do LIP SEAL e rolamento da polia são “casados”.

 

FIG.3

As peças externas do compressor podem ser substituídas, como: polia, rolamento da polia, cubo de embreagem, bobina e “LIP SEAL”.

FIG.4

Também não devemos esquecer que ao trocar o compressor, a recomendação é limpar a tubulação (FLUSH com R141b) e trocar o filtro secador junto com o condensador, pois o filtro secador fica embutido dentro do condensador.

O filtro secador fica posicionado na dentro do condensador, no caso de troca do compressor, se recomenda trocar o condensador também, pois devido á sua construção interna, cheia de galerias, é muito difícil eliminar todas as limalhas de desgaste do compressor. (esta recomendação é válida para vários outros modelos que usam filtro secador embutido dentro do condensador, a era do condensador de tubo aletas nos carros, que era fácil de limpar por dentro, já se foi...)

 

FIG.5

As válvulas de serviço são de fácil acesso, a de alta e baixa, junto ao flange do compressor.

FIG.6

FIG.7

As Mangueiras de alta e baixa podem apresentar vazamentos.

FIG.8

 

O eletroventilador fica posicionado na parte de trás do Radiador de água.

A primeira velocidade do eletroventilador passa por um resistor. Este resistor pode queimar ou apresentar mal contato em seus terminais, inibindo a 1ª velocidade, prejudicando a eficiência do sistema.

FIG.9

FIG.10

O monitoramento da pressão do fluido refrigerante é feito por um transdutor de pressão de 3 pinos (eletrônico), na linha de alta pressão, após o filtro secador na saída do condensador (linha de líquido). Em caso de obstrução parcial do filtro secador, o transdutor não recebe alta pressão e não manda informação para ligar o eletroventilador, o que pode ocasionar a queima da bobina do compressor e desgaste mais acentuado do compressor (problema comum no ASTRA até 2010).

FIG.11

Todos os Stilo possuem filtro de cabine. Eles veem originais de fábrica com filtros com carvão ativado para reduzir odores. O acesso á este filtro é pelo lado do passageiro, atrás do console central, retirando-se uma carenagem. Geralmente os grampos de fixação desta carenagem já chegam ás oficinas quebrados ou faltando.

A troca deste filtro (de cabine, microfiltro ou antipólen) é recomendada de 6 em 6 meses, dependendo da utilização do veículo. Um sintoma deste filtro obstruído é a falta de vazão de ar nos difusores na seleção da 4° velocidade a velocidade do vento é menor que 5m/s.

FIG.12

Nãoé necessária ferramenta para soltar a tampa do filtro de cabine ela é presa por grampos.

 FIG.13

 

A válvula de expansão tem seu acesso pelo lado do motor, junto à divisória com o painel, mas é muito difícil ela apresentar problemas.

 

Alguns modelos podem vir equipados com sistema com controle digital, neste caso o ventilador interno é acionado por um módulo e as portinholas por motores elétricos. Neste sistema DUAL ZONE, os passageiros podem regular a temperatura de saída nos difusores, individualmente para o lado do motorista e outra para o passageiro.

FIG.14 

FIG.15

Nos modelos com acionamento analógico, as portinholas são acionadas por cabos de aço.

O sistema de ar quente não possui torneira (válvula de ar quente).

FIG.16

Rua 2500, n° 1236 (esq. c/ Marginal Leste) Bairro: Centro | CEP: 88330-396
Balneário Camboriú - Santa Catarina – Brasil
Fone: 47 3264-9677 - ishiar@gmail.com
Desenvolvido por Aqui Cursos - Soluções para Web